Aveiro Coimbra Hospedagem Lisboa Porto Roteiro Roteiro Portugal

Roteiro de 10 dias em Portugal: onde ir, se hospedar e o que fazer

Considero que 10 dias é o tempo mínimo para conhecer o básico de Portugal. Assim poderá conhecer as principais cidades e pontos turísticos do país. Entenda o que fazer nesse período, onde vale a pena dormir e o que não pode ficar fora do seu roteiro.

Qual o melhor transporte entre as cidades do roteiro?

Nesse caso de viagem para várias cidades, vale a pena alugar carro em Portugal. Começando o roteiro em Lisboa ou no Porto, ter um carro vai facilitar bastante. Pois poderá visitar cidades menores e praias sem se preocupar com estações de trem ou horários de ônibus.

Cidades e resumo do roteiro de 10 dias em Portugal

Para esse roteiro, vou considerar chegada pelo Aeroporto de Lisboa. Mas como estão surgindo mais ofertas de voos para o Porto, você também pode começar por lá. Basta inverter a ordem.

  • Dia 1 – Chegada em Lisboa. Noite em Lisboa.
  • Dia 2 – Lisboa: Rua Augusta, Praça do Comércio, Chiado e Bairro Alto
  • Dia 3 – Lisboa, com Belém e Sintra: MAAT, Pastéis de Belém, Torre, Mosteiro e tarde em Sintra
  • Dia 4 – Viagem de carro, com parada e noite em Coimbra
  • Dia 5 – Chegada no Porto: passeio na Ribeira
  • Dia 6 – Porto: Centro Histórico e degustação de vinhos
  • Dia 7 – Porto: bate e volta a Matosinhos e Braga
  • Dia 8 – Viagem de volta: Aveiro e noite em Nazaré
  • Dia 9 – Parada em Cascais e mirantes de Lisboa
  • Dia 10 – Viagem de volta

Roteiro de 10 dias em Portugal

Agora sim o roteiro de 10 dias em Portugal, completíssimo. Adaptável para viagem de 7 a 12 dias. Depende do ritmo de cada um. Nesses casos, também poderá excluir ou acrescentar destinos pelo caminho, além de mais ou menos dias em Lisboa o no Porto.

Dia 1 – Chegada em Lisboa. Noite em Lisboa.

O aeroporto de Lisboa é perto do centro e você pode ir de metrô, levando cerca de 30 minutos (veja como ir do aeroporto ao centro). Se chegar cedo e não demorar muito tempo na imigração, ainda poderá curtir o restante desse dia e descansar.

Dia 2 – Lisboa: Rua Augusta, Praça do Comércio, Chiado e Bairro Alto

Use o primeiro dia em Lisboa para percorrer os pontos turísticos básico e gratuitos. Passe pela Rua Augusta, exclusiva para pedestres e repleta de restaurantes, cafés e lugares para um petisco rápido, como a Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau. Ela acaba na Praça do Comércio, uma das maiores e mais bonitas praças da Europa, à beira do Rio Tejo. À noite, a dica é assistir a um show de fado na Tasca do Chico, no Bairro Alto, onde também estão boas tascas para experimentar o legítimo bacalhau português.

Dia 3 – Lisboa, com Belém e Sintra: MAAT, Pastéis de Belém, Torre, Mosteiro e tarde em Sintra

Este é o dia mais cansativo do roteiro, pois concentra o maior número de atividades e deslocamentos medianos. Em Lisboa, embarque para Belém, a cerca de 10 minutos de trem. Lá estão alguns dos pontos turísticos mais visitados de Portugal, como o MAAT, a histórica lanchonete Pastéis de Belém, o monumental Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém e o Padrão dos Descobrimentos. Da pra percorrer tudo a pé. Se não se demorar demais nos lugares, em cerca de 3 horas dá pra ver tudo.

Palácio da Pena, em Sintra

Em Belém, você já estará mais próximo de Sintra. Pegue o trem até lá, leva cerca de 40 minutos. Na tarde em Sintra, dá pra visitar pelo menos duas das principais atrações. Pegue um tuk-tuk e suba a colina até o Palácio Pena, que é um dos 7 monumentos mais importantes de Portugal. Perto dele está o Castelo dos Mouros.

Dia 4 – Viagem de carro, com parada e noite em Coimbra

Centro de Coimbra

Lisboa tem dezenas de locadoras de veículos, mas recomendo utilizar as mais conhecidas, pra não cair em cilada na hora de devolver. Na última viagem fui na Europcar, perto do Metrô Marquês do Pombal, depois de comparar preços pela Rentcars. Alugue com a Via Verde no veículo, para passar mais rápido nos pedágios e evitar multas, pois nem todos os pedágios tem cobrança na hora.

Bitoque, prato típico da região de Coimbra

A de Lisboa a Coimbra é toda em pista dupla em ótimas condições. São 200 km de distância e cerca de 2 horas de viagem. Se sair cedo e for direto, terá a tarde toda para explorar uma das cidades mais antigas de Portugal. No post O que fazer em Coimbra, tem os principais pontos turísticos.

Por ter muitos hotéis e ficar praticamente no meio do caminho, é um bom lugar para dormir. Veja Onde ficar em Coimbra para se hospedar sem erro na cidade.

Dia 5 – Chegada no Porto: passeio na Ribeira

Calçadão na orla da Ribeira, no Porto

Se chegar cedo, aproveite para descansar, comer a famosa Francesinha e caminhar pelas ruelas de clima medieval dessa cidade, completamente diferente de Lisboa. No fim da tarde, vá ver o espetacular pôr-do-sol sobre o Rio Douro a partir da Ponte Luís I. Depois, desça para a região da Ribeira, onde um calçadão à beira do rio é um convite para saborear vinhos do Porto nos ótimos restaurantes da orla.

Dia 6 – Porto: Centro Histórico e degustação de vinhos

O centro do Porto tem relíquias como a Torre dos Clérigos, de onde se tem uma vista 360º da cidade, alcançando pontos como a Universidade do Porto, a Ponte Luís I e o Rio Douro e outros locais de interesse. Desça e visite locais próximos como a Livraria Lello (paga para entrar), a Sé do Porto, a Rua das Flores e a Estação São Bento, com seu belo mural de azulejos.

À tarde, atravesse a ponte até a cidade vizinha Vila Nova de Gaia. Lá estão dezenas de caves de vinhos e a maioria recebe visitantes para degustações. Uma das melhores é a Cave Sandeman, que pertence a uma família inglesa.

Dia 7 – Porto: bate e volta a Matosinhos e Braga

Escadaria da igreja em Braga

Tire o carro da garagem e vá até a pequena Matosinhos, a apenas 10 km de distância do Porto. Essa vila de pescadores tem uma simpática praia e dezenas de restaurantes para comer peixes frescos. De lá, dirija mais 60 quilômetros até Braga, cidade histórica muito procurada por brasileiros que vão morar em Portugal, por ter um baixo custo de vida. Braga tem belos pontos turísticos, como a escadaria da igreja Bom Jesus do Monte. Veja o post O que fazer em Braga e monte seu roteiro pela cidade.

Dia 8 – Viagem de volta: Aveiro, Nazaré e noite em Cascais

Onde ficar em Cascais

Casinhas coloridas na praia da Costa Nova

Sim, no mesmo dia dá pra conhecer isso tudo. Em Aveiro, visite a Praia da Costa Nova, com suas belas casinhas coloridas. No centro, experimente o Ovo Mole e, se interessar, navegue pelos canais que tornaram a cidade conhecida como A Veneza Portuguesa.

Siga para Nazaré, famosa per ter as maiores ondas já surfadas da história. É um bom lugar para comer. A caldeirada é prato mais típico da cidade. Aqui tem dicas de Nazaré para você ver o que vale a pena visitar.

Farol de Santa Marta, em Cascais

Dirija por mais 145 km até Cascais, balneário na região metropolitana de Lisboa. As praias de Cascais eram frequentadas pela família real de Portugal. O centrinho histórico é charmoso, com bons restaurantes. Há boas opções de hospedagem e você já estará pertinho de Lisboa, por isso é um bom lugar para passar a noite. Mas, se preferir, já pode seguir até a capital, assim já vai direto para o último hotel do roteiro.

Dia 9 – Chegada em Lisboa e vista ao Castelo de São Jorge e Alfama

Aproveite o retorno a Lisboa para conhecer lugares importantes que ficaram faltando. Por exemplo, alguns destes mirantes de Lisboa, entre eles o Castelo de São Jorge e os miradouros da Alfama, bairro antigo e um dos únicos que sobreviveram ao terremoto de 1755. Tem ótimos bares na região, bom para experimentar comidas e bebidas típicas, como a ginjinha.

Conheça também o Mercado da Ribeira, onde estão dezenas de restaurantes em volta de uma grande praça de alimentação. Comida gourmet a preços acessíveis. Nessa região do Cais do Sodré também está a Loja das Conservas, uma das melhores e mais baratas da cidade para comprar os típicos enlatados.

Dia 10 – Viagem de volta

Hora de pegar o trem de volta para o Aeroporto de Lisboa e embarcar para o Brasil. Mas atenção: a imigração para sair de Lisboa costuma ter uma longa fila. Por isso recomendo chegar com bastante antecedência ao aeroporto, senão correrá o risco de perder seu voo devido à espera. Ultimamente estão conferindo com rigor os líquidos na bagagem de mão. Então não viaje com embalagens acima de 100 ml e guarde tudo nos saquinhos transparentes conforme recomendado pela companhia aérea.

Mais dicas de Portugal

Além desse roteiro de 10 dias em Portugal, o país reserva diversas outras possibilidades para o viajante. Pra continuar a pesquisa, navegue diretamente por outros destinos lusitanos aqui no blog.

Olá! Sou a Alice, criadora do blog Dicas Portugal. Brasileira de São Paulo, atualmente vivendo em terras portuguesas. Amo a energia de Lisboa, os vinhos do Porto e as praias do Algarve. E escrevo sobre tudo isso e muito mais. Vem viajar comigo.