Belém

O que fazer em Belém – Roteiro de 1 dia, pertinho de Lisboa

Ligada ao início das grandes navegações e lotada de pontos turísticos famosos, Belém é uma das regiões mais visitadas de Portugal. Veja o que fazer nessa freguesia rica em museus e monumentos, entre outras atrações gastronômicas e culturais.

Aqui vou explicar como chegar em Belém a partir de Lisboa e o que fazer por lá em um dia, num roteiro que passa pelos principais pontos turísticos da região.

Como chegar em Belém – Vá de trem!

O transporte mais rápido, confortável e com menos margem para erro é o trem (comboio), pela chamada Linha de Cascais. A estação mais central em Lisboa é a Cais do Sodré, que também conecta com o metrô. Depois de embarcar, a Estação Belém é a terceira, depois da Santos e da Alcantara-Mar. Não tem erro. Em média, são apenas 7 minutos a bordo e a passagem custa €1,35 + 0.50 se ainda não tiver o cartão recarregável. O primeiro trem parte às 5h30 e ao longo do dia o intervalo entre eles é inferior a 10 minutos. Ou seja, pouco tempo de espera. Resumo:

  • Embarque: Estação Cais do Sodré (Linha de Sintra)
  • Preço da passagem: €1,35
  • Desembarque: Estação Belém
  • Tempo de viagem: 7 minutos
  • Mais informações e horários: Comboios de Portugal 

O que fazer em Belém – Principais pontos turísticos

Chegando em Belém, pode fazer tudo a pé. As atrações são próximas e tem muitos viadutos e túneis para atravessar a avenida entre alguns deles.

Sobre Belém: não é um cidade, é um freguesia de Lisboa. Uma espécie de vila. E que vila! Dali partiram os maiores navegadores da história portuguesa, como Pedro Álvares Cabral e Vasco da Gama. Hoje, barcos da passeio dominam essa margem do Rio Tejo, além dos monumentos relacionados à navegação. Mas sugiro começar o roteiro com um bom café da manhã, num restaurante histórico.

1. Fábrica Pastéis de Belém

Quando os monges do Mosteiro dos Jerónimos decidiram fazer pastéis de nata para ganhar um dinheiro extra, em 1837, eles não imaginavam o sucesso que seria. Hoje, quase 200 anos depois, a fábrica original ainda existe. O local se tornou um grande restaurante, com vários outros pratos no cardápio. Mas vá no tradicional pastel de nata, acompanhando de café. Perfeito para começar o dia.

  • Preço: €1,50
  • Tem fila? A fama dos pastéis de nata chegou na Ásia, então o local é lotado de japoneses e chineses. Mas pela manhã e na baixa temporada, tem mais chances de entrar direto, sem espera.

2. Mosteiro dos Jerónimos

Começou a ser construído em 1502 e foi ganhando importância e tamanho à medida que Portugal expendia as fronteiras do Império com suas conquistas ultramarinas. Desde 1983 é classificado com Patrimônio Mundial da Unesco. Também já foi eleito como uma das 7 Maravilhas de Portugal. Possui uma igreja, livraria, refeitório e outros locais que podem ser visitados.

  • Preço: o ingresso adulto custa 10 €
  • Entrada grátis:domingos e feriados, das 10h às 14h, somente para residentes em Portugal
  • Tem fila? Geralmente sim, principalmente em finais de semana, feriados e na alta temporada.
  • Mais informações: site oficial

3. Torre de Belém

Em estilo manuelino (também chamado de Gótico Português Tardio), foi inaugurada em 1520. Originalmente era completamente cercada pelo Rio Tejo. Ao longo dos séculos, perdeu sua função de defesa, passou a ser usada como masmorra e hoje é museu visitada por mais de 500 mil turistas por ano.

  • Preço: o ingresso adulto custa 10 € (Acesso Museu Nacional de Arqueologia e terraço da torre)
  • Entrada grátis: domingos e feriados, das 10h às 14h, somente para residentes em Portugal
  • Tem fila? Em dias de semana, raramente vejo filas, que costumam ser longas aos finais de semana
  • Mais informações: site oficial

4. Padrão dos Descobrimentos – Monumento aos Descobrimentos

Brasileiros, esse monumento não é para nós ou Pedro Álvares Cabral. O principal homenageado é Infante D. Henrique, capitão de importantes conquistas na costa da África. Mas o que importa é que monumento fica lindo nas fotos. Foi inaugurado em 1960. É possível entrar lá dentro, onde acontecem diferentes exposições. No topo, a 56 metros de altura, tem um dos melhores mirantes de Lisboa.

Em frente ao monumento está uma grande rosa dos ventos, com um mapa-mundi que conta um pouco da história das navegações portuguesas, com as datas de chegada aos principais destinos.

  • Preço: o ingresso adulto custa 4 €
  • Entrada grátis: domingos e feriados, até 14h, somente para residentes em Portugal
  • Tem fila? Geralmente sim, principalmente aos finais de semana e feriados
  • Mais informações: site oficial

5. MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia de Lisboa

Um pouco à frente do Padrão dos Descobrimentos, seguindo pelo calçadão na orla do Rio Tejo, está o MAAT, um dos museu mais interessantes de Lisboa. Recomendo visitar apenas a parte conhecido como Central, antigo Museu da Eletricidade, onde estão exposições interativas com jogos, robôs e geração de eletricidade.

  • Preço: 5 € para visitar somente a Central e 9 € para o acesso completo, incluindo galeria de arte.
  • Tem fila? Dificilmente.
  • Mais informações: nas minhas Dicas sobre o MAAT e no site oficial

Outros pontos turísticos de Belém

Além das atrações citadas acima, Belém tem muitos outros museus e atividades possíveis para o turista. Por exemplo:

  • Museu Nacional dos Coches – Exposição de carruagens antigas
  • Docas de Belém – Marina de onde saem barcos para passeios de Rio Tejo
  • Jardim de Belém – Grande praça entre o mosteiro e as docas
  • Museu da Marinha – Exposição de barcos, maquetes e navios e objetos navais
  • Museu Coleção Berardo – Museu de Arte Moderna
  • Museu do Combatente – Acervo com tanques de guerra, canhões e itens militares
  • Museu de Arte Popular – Acervo com brinquedos de cerâmica e miriti, além de mostras itinerantes