Belém Coimbra Lisboa Porto Seguro Viagem Viagem

13 dicas para a primeira viagem a Portugal

Dicas de viagem para Portugal especialmente para quem vai a primeira vez. Saiba onde comprar passagem, quanto gastar, que moeda levar, o que vale a pena visitar, se é seguro mesmo e outras informações importantes e curiosidades.

E se tiver qualquer dúvida sobre Portugal, é só perguntar. Prepare-se para conhecer Lisboa, Porto, Aveiro, Coimbra e outros destinos incríveis na Terrinha. O seu roteiro de viagem começa aqui.

1. Passagem para Portugal – Onde pesquisar preços e comprar

O valor médio de uma passagem de avião do Brasil para Portugal, ida e volta, é R$ 3.500. Recomendo comprar com pelo menos dois meses de antecedência, antes do preço aumentar. Mas é possível encontrar promoções e gastar cerca de R$ 2.000 em ida e volta para Lisboa ou Porto. Fique de olho nas promoções divulgadas no Melhores Destinos e utilize comparadores de preços de passagem, como o Skyscanner. Depois, compre direto nos sites das companhias aéreas que voam direto do Brasil para Portugal:

  • TAP
  • AZUL
  • LATAM

Além dessas, outras empresas que partem do Brasil para outras capitais europeias, como Madri, Paris e Amsterdã, oferecem conexão para Lisboa ou Porto.

2. Documentos para viajar a Portugal – Visto, passaporte, vacinas, CNH

Visto – Portugal não exige visto de turismo de brasileiros, desde que o tempo máximo de permanência no país seja de 90 dias.

Passaporte – Documento obrigatório para entrar em Portugal. RG, CNH e outros não têm validade.

Vacinas – Assim como outros países do Espaço Schengen, Portugal exige o Certificado Internacional de Vacinação comprovando a vacinação contra febre-amarela. Pode ser emitido online pelo site da Anvisa (site com passo-a-passo).

Carteira de Motorista – A CNH brasileira pode ser utilizada por turistas para alugar carro e dirigir em Portugal. Segundo o Consulado do Brasil em Lisboa, pode ser utilizada por um período máximo de 185 dias.

3. Compra de Euro – Que moeda levar e dicas de câmbio

Melhor já chegar em Portugal com Euros no bolso. Compensa comprar no Brasil, mesmo com a taxa de IOF de 1,1%. Recomendo levar apenas o básico, porque se sobrar muito, vai perder bastante dinheiro na hora de fazer o câmbio reverso. Se gastar além da conta, troque reais sobressalentes ou utilize cartão de crédito (liberado antes da viagem para transações internacionais). Evite casas de câmbio dos aeroportos, prefira trocar na região central de Lisboa. Resumindo:

  • Troque Real por Euro no Brasil
  • Não faça câmbio no Aeroporto de Lisboa
  • Leve cartão de crédito para despesas extras

3. Época da viagem – Quando é melhor ir a Portugal

Para curtir as praias (verão, calor e poucas chuvas), vá entre o final de maio e o início de setembro

Para evitar o calor, vá em dezembro e janeiro, que são os meses mais frios do ano. Outubro, novembro, fevereiro, março e abril têm temperaturas mais amenas.

Particularmente, acho abril e maio os meses mais agradáveis pra fazer turismo em Portugal.

Entre setembro e outubro, é a época das vindimas. Se quer acompanhar colheita, celebração e eventos relacionados ao vinho, escolha esses meses.

4. Seguro viagem para Portugal é obrigatório – Quanto custa e onde comprar

Portugal faz parte do Território Schengen, um acordo internacional que permite a livre circulação entre os países membros e impõe algumas regras comuns. Uma delas é a obrigatoriedade, para brasileiros, de ter um seguro viagem para entrar no país. Deve ser um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros. Utilizo a Seguros Promo para pesquisar preços e comprar. É possível encontrar planos de seguro viagem que custam menos de R$ 15 por dia. Onde fazer orçamento:

5. Preços em Portugal – Quanto gastar na viagem

Portugal é um dos países mais baratos da Europa Ocidental. O custo de vida em Lisboa é similar ao de São Paulo e Rio de Janeiro. Algumas coisas custam mais, outras custam menos. Por exemplo, por 10 Euros é possível comer um prato de bacalhau acompanhado de uma taça de vinho em Lisboa, num bom restaurante. No interior é ainda mais barato. Alguns preços em Lisboa:

  • Passagem de metrô: 1,50€
  • Café expresso: 2€
  • Prato do dia em restaurante do centro: 7€
  • Ingresso do Museu MAAT: 5€
  • Passeio de barco no Rio Douro: 20€

6. Dicas de segurança – Roubos e violência em Portugal

A Europa tem alguns dos países mais seguros do mundo. Em levantamento feito em 38 países, considerando estatísticas de roubos, segurança no trânsito e estabilidade política, Portugal ficou em 12º lugar, à frente de países como Finlândia, Itália, França e Inglaterra. Em Lisboa e no Porto, é possível andar à noite tranquilamente, sem medo de violência.

Claro que é importante ter cuidado redobrado em locais de grande circulação de pessoas, como estações de metrô e pontos turísticos lotados. Mas não é preciso maiores preocupações.

7. Tempo de viagem – Quantos dias ficar em Portugal

Se vai somente a Portugal, recomendo ficar no mínimo 10 dias. É o tempo mínimo para fazer um bom roteiro de carro pelo país. Nesse período, dá pra conhecer os principais pontos turísticos de Lisboa, do Porto e de alguma cidade pelo caminho, Nazaré, Aveiro e Coimbra.

Tem menos tempo? Então foco em apenas uma região. Por exemplo, se passar 5 dias em Lisboa, poderá conhecer as principais atrações da capital e cidades próximas, como Sintra e Cascais.

  • Tempo mínimo: 5 dias para visitar Lisboa, Sintra e Cascais
  • Tempo razoável: 10 dias dá pra viajar de carro de Lisboa ao Porto
  • Tempo ideal: 15 dias é um período para explorar com calma as principais cidades turísticas

8. Água da torneira em Portugal – Pode beber?

Teoricamente, sim. Na prática, não recomendo. A água de Lisboa é tratada e considerada potável pelos órgãos competentes. Por outros lado, são milhares de quilômetros de encanamentos até a torneira da sua casa ou hotel. A possibilidade de passar por ferrugem e impurezas é grande. Conversei com moradores locais, e a maioria não se arrisca na água de torneira. Recomendo comprar água mineral no mercado. Por menos de 1 € dá pra comprar uma garrafa de 1 litro.

Curiosidade: Lisboa tem o único “Bar de Águas da Europa”. Mais detalhes aqui neste site português.

9. Comidas típicas – O que é preciso experimentar sem falta

Pastel de Bacalhau com vinho da Madeira

Considero a gastronomia portuguesa uma das melhores da Europa. Os vinhos são bons e baratos, os peixes são quase sempre frescos e os doces são incríveis. Pratos e comidas tradicionais que você não pode voltar ao Brasil sem experimentar:

  • Bacalhau a Lagareiro – principal receita de bacalhau do país
  • Francesinha – o sanduíche mata-fome do Porto
  • Pastel de Nata – petisco à base de gema de ovo para comer a qualquer hora

10. Cidades para visitar – O que vale a pena conhecer

Isso depende da época do ano da sua viagem e de preferências pessoais. Pensando nesse último fator, aqui vão algumas dicas de cidades para visitar em Portugal no seu roteiro.

  • Gosta de igrejas e roteiro religioso? Vá para Coimbra, Fátima, Évora, Ovar e Lisboa
  • Gosta de praias bonitas? Vá para Algarve, província ao sul do país
  • Gosta de cidades grandes? Vá para Lisboa e Porto
  • Quer ver neve? Vá para a Serra da Estrela no inverno
  • Quer se sentir em Veneza? Conheça Aveiro, no Centro de Portugal

11. Praias em Portugal – Quais as melhores?

Portugal tem algumas das praias mais bonitas da Europa. Mas quais são as praias mais bonitas de Portugal?  Aqui tem um ranking de praias em Portugal. A maioria delas, como falei acima, está no Algarve, nas regiões de Lagos e Carvoeiro. Mas também há lindas praias perto de Lisboa, como a Praia da Ursa, em Sintra, e a Praia do Norte, aquela das ondas gigantes, em Nazaré. Perto de Lisboa, as praias mais acessíveis são as de Cascais, onde dá pra ir rapidinho de trem.

12. Lendas urbanas: portugueses são burros e mal educados?

Lógico que não. Primeiramente, a burrice portuguesa é coisa de piada brasileira. Aliás, eles também têm algumas boas piadas com a gente. Sobre a educação, são experiências pessoais. Já ouvi brasileiros reclamando de serem maltratados em Lisboa, outros que preferem falar inglês pra não sofrer preconceito.

O que realmente existe, assim como no Brasil, é racismo e preconceito com imigrantes. Isso pode respingar no turista “confundido” com alguma dessas situações, o que também é péssimo. Particularmente, sempre fui bem tratado em Portugal.

Mais dicas de Portugal

Aqui no blog Dicas Portugal tem mais relatos de viagem, experiências, roteiros e mais lugares para conhecer na terrinha. Continue atento às novidades. Veja também:

Olá! Sou a Alice, criadora do blog Dicas Portugal. Brasileira de São Paulo, atualmente vivendo em terras portuguesas. Amo a energia de Lisboa, os vinhos do Porto e as praias do Algarve. E escrevo sobre tudo isso e muito mais. Vem viajar comigo.