Lisboa Viagem

Um diferente tour de bicicleta elétrica em Trafaria, perto de Lisboa

Uma atividade fora da rota comum que eu fiz em Lisboa, foi o passeio de bicicleta elétrica. Aliás, não foi exatamente ele Lisboa: é preciso atravessar o Rio Tejo de balsa até o terminal fluvial de Trafaria, ponto de partida dessa jornada.

O passeio é organizado pela Varina Bike,  de uma lisboeta que se cansou da cidade grande e foi viver do outro lado do rio. Foi um achado nas experiências do Airbnb, sem dúvidas uma das melhores que comprei em Portugal.

Balsa que liga a Estação Fluvial de Belém, em Lisboa, à estação de Trafaria, onde começa o passeio de bike elétrica da Varina.

Trajeto do passeio de bike elétrica

A pequena sede da Varina, na terminal de balsas de Trafaria, não poderia ter localização melhor. Afinal, basta descer do barco e começar o passeio. Depois de atravessar o pequeno centro da cidade, iniciamos a subida da colina. Aí faz todo o sentido a ajuda do motor da bicicleta, nessas ladeiras íngremes cercadas de mato.

Lá do alto, a melhor vista que você terá na viagem. De um lado, Lisboa e o Rio Tejo. Do outro, a extensa praia da Costa Caparica, já no Oceano Atlântico. Na foz do rio, a vila de Cova do Vapor esconde mais uma simpática praia.

Começa a descida. A Costa Caparica já foi uma das praias mais visitadas pelos moradores de Lisboa, mas caiu no ostracismo dos últimos anos. Tem um belo calçadão, perfeito para pedalar. Muitos bares e restaurantes. No verão, o passeio faz uma parada pro pessoal se refrescar no mar.

Em seguida, passamos pela Cova do Vapor, que vimos lá de cima. Vila tradicional, com muitos moradores antigos, mas que vem sendo tomada por turistas.

Depois atravessamos uma região que a guia chamou de “favela portuguesa”. Prova de que pobreza é algo relativo, pois a região parece um bairro de classe média no Brasil.

Num subúrbio de Trafaria, passamos por uma rua tradicional, onde acontecem festejos relacionados à pesca, principal atividade econômica da região. Por lá, conversamos com moradores, ainda desacostumados com o turismo. Petiscamos comidas típicas portuguesas num bar, com direito a vinho verde, também tradicional.

Camarão ao molho curry no restaurante A Taberna, em Trafaria.
Mesas à margem do Rio Tejo

Hora de devolver as bicicletas, almoçar e esperar a balsa para voltar a Lisboa.

Vale a pena fazer o passeio de bicicleta elétrica nas vilas piscatórias?

Sem dúvidas. Foi a melhor experiência Airbnb que já fiz até hoje. Andar de bicicleta é sempre bom, imagine então num lugar lindo como a Costa Caparica, com a vantagem de não precisar de esforçar tanto, afinal a bicicleta elétrica ajuda bastante. Recomendo.

Olá! Sou a Alice, criadora do blog Dicas Portugal. Brasileira de São Paulo, atualmente vivendo em terras portuguesas. Amo a energia de Lisboa, os vinhos do Porto e as praias do Algarve. E escrevo sobre tudo isso e muito mais. Vem viajar comigo.